5 PRINCIPAIS PASSOS PARA

COMEÇAR A VENDER

Vender, vender e vender…a alma do negócio! Seja ele qual for.

 

Para você que está começando, neste artigo, veremos o que realmente se  precisa para se tornar um ótimo vendedor.

 

Características e técnicas simples.

 

O mais interessante, é que apesar de não terem nenhum mistério, muitas pessoas insistem em não seguir esses passos.

 

Ao ler os 5 principais passos para começar a vender, você verá exemplos que acontecem no nosso dia a dia.

 

Vamos lá:

1 VOCÊ VENDE VOCÊ MESMO

Mais importante que somente o produto em si ou o serviço, é você!

 

Negócios são feitos de pessoas. Você não vai tentar vender seja o que for para um robô!

Sempre terá alguém do outro lado.

 

E como esse alguém lhe enxerga?

 

Vejamos:

Você começou seu negócio. Pequena loja. Venda de lembrancinhas.

Lembrancinhas não são necessidades primordiais na vida das pessoas. São produtos de ocasião.

Para aquela pessoa que não tem um porquê comprar, você vai realmente ter que vender, correto?

Ela gostou do que viu. Mas não precisa.

 

A primeira coisa referente a venda que ela vai perceber é você!

Pois:

O produto ela já gostou. A loja ok, por ela não muda muito.

 

Agora, você…

Sua aparência;

Seu modo de abordar;

Seu jeito de falar;

Sua educação;

Seu entendimento do produto;

 

Isso sim pode fazer toda diferença na venda.

 

Agora pense:

Como consumidor da sua própria loja. Preferiria ser atendido por qual tipo desses vendedores?

 

Na apresentação:

Vendedor com aparência limpa, bem arrumado, um bom perfume.

Ou

Roupas sujas, despenteado, cheirando mal. Desleixado!

 

No atendimento:

  • Olá, sou Fulano. Bem-vindo.Como posso ajudar. Qualquer dúvida vou ficar aqui pertinho. Obrigado por vir. (Demonstrando simpatia nas feições!)

Ou:

  • oi posso ajudar?  ( Seco, sem vontade! Parecendo que está fazendo um favor em atender.)

 

No engajamento, na conquista:

  • Hummm, então você preciso disso para fazer tal coisa? Sendo assim tenho esse outro produto que vai lhe ajudar muito mais pois ele tem várias coisas melhores. Até um cliente que comprou nos  falou que usou para outras coisas além da função principal, ele colocou em outro lugar e fez toda diferença. ( Lábia, história, envolver.)

Ou

  • Acho que sim…pode usar em qualquer coisa. Ahhh peraí que vou ver com o Sicrano! (Despreparo, desentendido.)

 

Muito simples.

Todos nós queremos o melhor!

 

Então sempre que for vender, pense nesses aspectos básicos.





Ok…

Mas por que existe tanta deficiência e tanta reclamação hoje em dia?

Tantos casos de mal atendimento!??

 

A resposta está no EGO e na falta de profissionalismo.

 

As pessoas deixam misturar a vida pessoal com o trabalho.

 

Adianta você treinar, se preparar, estudar… Se você não colocar em prática.

Se você deixa seu ego tomar conta! Tudo o que você sabe vai por água abaixo.

 

Se você briga com o marido, seu time perde ou você simplesmente não vai com a cara do cliente porque ele parece muito rico!

 

Seu ego entra em jogo e lhe atrapalha. Você mistura seus problemas com sua profissão.

 

Assim,

Sua atitude, sua expressão muda;

Problemas, preocupações externas. Isso só lhe compromete!

Fatores SEUS que atrapalham a venda.



Por isso, você é quem vende! E antes de tudo você vende você!

 

Não esqueça.

 

Sua aparência, sua educação, seu conhecimento sobre tudo, os produtos, a loja.

Seu comportamento, seu autocontrole e seu profissionalismo.

 

Tudo isso é tão ou mais importante do que o que será vendido.

 

DICA: Carisma é tudo! 😉

BAIXE AGORA NOSSOS
E-BOOKs 😜

loading...

2 SABER ONDE ESTÁ PISANDO

Você já conheceu alguém que ao lhe explicar algo, lhe deixou de boca aberta?

 

Não estou falando professores ok…mas sim, pessoas que você não dava nada e de repente elas lhe envolvem em N coisas e lhe explicam algo que você nem imaginaria.

Esse conhecer aprofundado é a certeza que você ao ser um vendedor, vai estar 100% preparado para atender qualquer cliente.

A sua confiança ao saber realmente do que você está falando, eleva o seu poder de venda e de negociação.

Pense, se você é escolhido para fazer uma venda gigantesca, falar direto com compradores poderosíssimos. Muita responsabilidade.

Bom, negociações e muito papo pode ir e voltar.

Mas a única garantia para que tenha maior chance de venda é realmente entender do assunto. Em todos os aspectos.

Você manjar do que está vendendo!

Entende o produto, as características.

A história;

O mercado;

Os concorrentes;

Para quem está do outro lado, não deixar dúvidas sobre o assunto.

Você vira referência naquilo.

No fim,

A venda pode não acontecer! Talvez não é isso o que o cliente precisa.

Tudo bem. Mas pelo menos, você não deixou nenhuma dúvida a ele.

E caso algum dia ele precise, ele se lembrará que falando com você ele terá todas as dúvidas e o atendimento necessários.

Outra coisa que parece simples. Mas quantos e quantos vendedores você já conheceu que não sabiam nada do que estavam vendendo?

Prepare-se! Estudo o seu ramo. Não seja um sem vontade.

Saiba BEM onde está pisando.

3 ENTENDENDO O CLIENTE E A DOR DELE

Claro que vai depender da hipótese da venda. Você pode ser um vendedor de materiais para empresas metalúrgicas. Ou vendedor da sua barraquinha de docinhos.

 

Muda? Claro.

 

Falar que todo venda é igual é loucura.

Mas a essência é sempre a mesma.

 

Entendendo o que o cliente quer… bom, vamos pensar de duas maneiras.

 

1 – Você vai até o cliente fazer a venda.

Seguindo o exemplo que você vende materiais para indústrias.

Você liga, agenda com o setor de compras ou responsáveis.

 

O mínimo que você deve fazer antes de ir até lá é:

 

Saber tudo sobre a empresa. E se possível sobre os compradores!

 

Mas como?

 

Poxa! Pesquise um pouco!

 

Se a empresa é grande, ela vai ter já coisas na internet.

 

Caso não tenha. Entenda pelo menos o que eles fazem.

 

Aaa…a empresa não tem site nem nada. Mas eles fabricam barras de ferro.

Bom, barras de ferro normalmente se vende para obras, materiais de construção. O minério vem da china, e etc…

 

É genérico! Mas pelo menos algum conhecimento você tem sobre eles.

Melhor que nada.

 

E os compradores… Facebook!

Saiba seus hobbys, se tem filhos, etc…

Essas cartas na manga lhe darão poder na hora da conversa.

Criam engajamento.

 

Ok, agora qual o problema você vai resolver?

 

Chegar lá e oferecer produtos somente por oferecer,  até pode funcionar. Vai usar somente estratégia de preço? Ok, talvez funcione. Mas as chances são mínimas.

 

O melhor é você tentar resolver algum problema.

Mesmo que você não saiba esse problema!

 

Crie um!

 

Óbvio, não vai inventar coisas que não existem!

Ache um problema que eles não se deram conta ainda.

 

Continuando na metalúrgica:

Eles amarram as barras de aço com fita plástica.

Você sabia que essas fitas podem estourar e machucar alguém?

Nós temos fitas de aço x e y que são 100% a prova de estouro.

 

Entende!? Tente criar algo.

Não é mentir! É olhar com outros olhos.

 

Caso ele tenha um problema visível, fica bem mais fácil identificar!

 

Pesquise, prepare bem sua solução e faça a apresentação irrecusável.

 

2 – O cliente vem até você:

Você está na sua lojinha, toda arrumada, show de bola!

 

Como entender o cliente naqueles 15 segundos que ele entrou na loja e começou a olhar os produtos?

 

Você pode claro, analisar o cliente em si, sua aparência, seu estilo.

Isso já serve para ter uma noção de com quem você está lidando.

 

Mas o importante é a pergunta: Como posso lhe ajudar?

 

Se ele explicar o que precisa, você oferece. E como falamos no tópico 1 e 2 aqui do artigo. Você e seu entendimento vão fazer toda a diferença.

 

Mas ele falou:

  • só to dando uma olhadinha!! Brigado!

 

Ok, o você pode ficar perto… observar as expessões faciais! Isso revela muito do que ele está pensando.

Cara de dúvida não é difícil distinguir. Você pode perceber e abordar.

Perguntar novamente, ou já sabendo qual é a dúvida mais comum, responder.

 

Seja se preparando para ir vender ou em momentos curtos de venda, você tem que tentar entender, conhecer e saber ao máximo como resolver o problema de seu cliente.

4 PERGUNTAS E RESPOSTAS MATADORAS

Tanto na negociação ou na venda direta, existem algumas perguntas que você pode fazer para tentar chegar ao sim mais rápido e definitivo.

  • O que falta para você tomar a sua decisão? Ou fazer a compra?
  • Tem mais alguém que tem que consultar para concluirmos?
  • Qual a sua maior dúvida?

Pois se o cliente chegou ao ponto de lhe receber para conversar ou entro na sua loja, ele tem uma intenção correto?

Com essas perguntas, você consegue resumir o que falta para a venda ocorrer.

Ao expor a dúvida, você pode usar a seguinte frase:

  • Certo, compreendo você. Mas posso fazer uma pergunta?

Aqui você diz que entendeu a preocupação do cliente e pede abertura para resolver.

  • Qual é melhor ou por que da objeção?

Essa pergunta é para entender com o que ele está lhe comparando.

No caso pode ser por qualquer coisa que ele veja vantagem em cocorrete. Ou somente não viu vantagem em comprar de você.

  • Ok, e se eu…

Aí você entendendo o problema, oferece uma nova solução.

Exemplo:

Após mostrar vários produtos em sua loja.

O cliente ainda está pensando.

Você pergunta:

– Certo, então: Qual a sua maior dúvida para decidir?

 – Aiii, não sei se esse é o melhor modelo, e o preço está além do que eu posso pagar.

– Certo, compreendo você. Mas posso fazer uma pergunta?

Sim, claro!

– Você sabe se existe algum outro modelo melhor que esses? Quanto você está disposta a gastar?

-Eu já vi em um concorrente seu um que parecia melhor e o preço era um pouco mais barato.

-Ok,tenho uma proposta bem melhor para você:  e se você levar esse aqui, ele sem dúvida é a melhor opção que temos hoje, campeão de vendas. E para fecharmos agora vou fazer um desconto muito bom.        ( Encante o cliente)

-Hummm, assim sim! Feito. ( Ele não viu mais objeções para não comprar.)

Claro, você tem que ter suas cartas na manga, seu poder de barganha e etc…

Mas a essência é essa. Entender, afunilar e mandar a proposta matadora.

5 PREÇO POR ÚLTIMO

O que seria encantar o cliente para ter maior chance de vender?

 

O modo que você o tratou, a história que você contou e principalmente os benefícios que você e o produto vão proporcionar ao cliente.

 

Isso tudo tem que vir antes do preço.

 

Claro, nem todos você vai conseguir fazer esse tipo de abordagem.

Existem pessoas que realmente só querem preço.

 

É compreensível!

 

Mas para aqueles que você conseguir aplicar tudo o que vimos até agora, se entende que ao vender o benefício, o cliente talvez nem pergunte preço.

 

Por isso, primeiro entenda e resolve o problema. Mostre todos os benefícios. E aí sim, fale o preço.

CONCLUINDO ENTÃO:

Jovens,

Reflitam comigo:

Tipos de venda em camelôs ou em lojas de grife são diferentes?

É, é diferente.

O estilo de venda sim, mas NÃO as técnicas do vendedor.

O cenário muda, mas vender sempre terá sua máxima.

Todos querem o melhor. Sempre!

A loja se adequa ao perfil do cliente. E o cliente vai a loja porque se identifica.

Agora pensem:

Pense se em um camelô, você colocar um vendedor de grife!

Não estou falando de estereótipos… o vendedor não precisa falar francês ou parecer um mordomo! Não!!!

Estou falando na atitude. No saber lidar.

Pareceria muito bom correto?

Quem não gostaria de ser SUPER bem atendido sempre?

Isso é o que surpreende. Isso é um diferencial.

Pense nisso ao vender. Quanto mais Super você for, mais chances terá de vender.

Lembrando:

1 – VOCÊ vende você mesmo! Sempre.

Isso é tão ou mais importante quanto o que você quer vender.

2 – Entender o máximo do seu mercado e o que você está fazendo.

3- Saber bem para quem você vai vender. O máximo que você puder.

4- Use as técnicas para ajudar a entender e finalizar a venda.

5 – Encante! Encantando o cliente o preço se torna quase irrelevante.

Claro, essas foram os 5 principais passos para começar a vender.

Existem várias outras técnicas, e muitos outros assuntos relacionados.

Logo postaremos mais conteúdo para vocês.

Obrigado por ler, compartilhar e curtir.

Forte Abraço

ESCRITO POR:

Daniel Tito

Daniel Tito

Aprendiz

BAIXE GRÁTIS OS 3 E-BOOKs

ENVIAREMOS DIRETAMENTE PARA SEU E-MAIL
SEM ENROLAÇÃO

loading...

OUTROS ARTIGOS BEM LEGAIS 😜

Inovação no Empreendedorismo

Como usar o Linkedin com eficiência

10 Hábitos de Pessoas Extremamente Produtivas

Todos os direitos reservados – Jovens Mestres Academy® – 2019

Fechar Menu