Procrastinar e Produtividade

Procrastinar é a arte de deixar para depois aquilo que você poderia (e muitas vezes deveria) estar fazendo agora. É o que acontece quando você começa a se distrair com pequenos entretenimentos (um vídeo no YouTube, um cafezinho, a leitura de uma matéria breve) e, quando percebe, está com seus afazeres em atraso.

 

Do ponto de vista psicológico, a procrastinação pode ser entendida como um prejuízo nas chamadas funções executivas. Em resumo, funções executivas são as habilidades cognitivas que nos permitem planejar o futuro e atingir metas de forma assertiva. A procrastinação, nesse sentido, seria resultado da incapacidade de se organizar em relação a pequenos planejamentos, ou mesmo de atingir metas.

 

Como nossa sociedade está cada vez mais competitiva, a produtividade passou a ser cada vez mais sinônimo de excelência. A procrastinação, por sua vez, é vista como uma falha acentuada, podendo ter consequências graves no mercado de trabalho. Por isso, apresentamos a seguir algumas informações para ajudar você a parar de procrastinar e aumentar sua produtividade.

1 – Controle sua ansiedade

A ansiedade é uma emoção cada vez mais presente entre as pessoas, sobretudo no ambiente de trabalho. Cobrança excessiva, falta de habilidade social por parte dos superiores ao explicar as tarefas exigidas, preocupação com dívidas e tantos outros elementos contribuem para isso. E, em alguns casos, é justamente neste cenário que a procrastinação aumenta.

 

Isso acontece porque a ansiedade afeta a função cognitiva. Com a elevação da ansiedade, pode ocorrer aceleração dos pensamentos, medo, insegurança e desatenção. Tudo isso acaba sendo um obstáculo para quem precisa concluir uma tarefa em um curto espaço de tempo.

 

Além disso, a ansiedade também causa sinais e sintomas físicos, que podem acabar dificultando ainda mais. Palpitações, sudorese excessiva, agitação psicomotora e sensação de frio ou calor são alguns exemplos. Controlar sua ansiedade é um passo importante para aumentar sua produtividade.

2 – Pratique a autodisciplina

A autodisciplina é o cerne da produtividade, e justamente a falta dela é que nos leva a procrastinação. Às vezes é tão mais fácil cumprir ordens de terceiros do que atingir nossas metas, não é mesmo? Mas é possível mudar este cenário a seu favor!

 

Segundo pesquisadores do campo da Psicologia Cognitivo-Comportamental, o que leva uma pessoa a repetir um comportamento é o reforçamento deste comportamento. E reforçamento, para os estudiosos do comportamento, nada mais é do que a sensação de prazer atribuída ao comportamento de interesse.

 

Quando estamos obedecendo uma ordem, temos inúmeras fontes de reforçamento deste comportamento. As mais evidentes são:

  • Aceitação e reconhecimento do chefe;
  • Sentimento de utilidade;
  • Sensação de segurança em relação à estabilidade do emprego;
  • Evitar críticas e humilhações.

 

Já quando estamos cumprindo uma ordem nossa, dificilmente conseguimos perceber a expectativa de algum destes reforços. O que você deve fazer, segundo especialistas, é ser a sua maior fonte de reforço positivo. Veja algumas formas de fazer isso:

  • Dividir suas metas de longo prazo em pequenas metas de curto prazo e de fácil conclusão;
  • Presentear-se cada vez que atingir uma meta;
  • Inserir pequenos momentos de lazer entre a conclusão de um objetivo e outro;
  • Reservar ao menos uma hora por dia só para você.

3 – Ajude seu cérebro a ajudar você

Cyril N. Parkinson dissera certa vez que “o trabalho se estende de modo a ocupar todo o tempo disponível para sua realização”. Assim, se você tem duas semanas para fazer determinado trabalho, é pouco provável que você o conclua nos dois primeiros dias e não dedique mais nenhum segundo a revisá-lo ou mesmo melhorá-lo.

 

O mais comum, na verdade, é você ignorar a tarefa nos primeiros dias, indo concluí-la somente às vésperas do encerramento do prazo disponível. É por isso que você geralmente deixa por último aqueles objetivos que talvez até seriam mais importantes, mas que não possuem um prazo estipulado para sua realização.

 

Mas afinal, como agir diante desse dilema?

Segundo estudos do campo das Neurociências, o que você deve fazer é “enganar seu cérebro”, colocando prazos estipulados para frações da tarefa. Por exemplo, se você quer escrever um livro de aproximadamente 150 páginas, não organize sua meta pensando no objetivo final. Seu cérebro evoca emoções e pensamentos negativos ao processar “150 páginas em um mês”.

 

Mas se você pensar em escrever cinco páginas por dia, a reação é bem mais equilibrada. Principalmente se você pensar que depois de escrever essas cinco páginas você terá um reforço positivo, que pode ser tanto beber uma cerveja, uma hora e meia assistindo seriados, ou mesmo um banho de piscina.

4 – Escreva o que você precisa fazer de forma clara e completa

Com a disseminação acelerada dos recursos tecnológicos, escrever à mão tem se torando uma atividade rara em nossa rotina. Mas ainda é a forma mais eficaz para ajudar você no planejamento de suas metas e organização de seu pensamento.

 

Enquanto você escreve manualmente, você está direcionamento toda sua atenção para esta tarefa. Memórias, pensamentos e emoções são evocados durante este processo, e tudo isso é importante para ajudar você a manter sua motivação e adequar seu comportamento.

 

Esta dica pode inclusive complementar a dica anterior, de ajudar seu cérebro a ajudar você. Retomando o exemplo anterior, se você acha impossível escrever um livro de 150 páginas em um mês, experimente escrever em sua agenda da seguinte forma: “assistir seriado bebendo cerveja após escrever 5 páginas do meu livro”. Não dá vontade de escrever estas 5 páginas o quanto antes?

 

Adapte este exemplo para diferentes áreas da sua vida e você verá o quanto sua produtividade aumenta!

Conclusão

Este texto apresentou dicas importantes para ajudar você a parar de procrastinar e aumentar sua produtividade. São dicas bem genéricas, que podem ser utilizadas por qualquer pessoa. Se seguidas rigorosamente, tais dicas apresentarão resultados notáveis no que se refere ao aumento da produtividade.

 

É importante lembrar que casos específicos podem necessitar de soluções específicas. Por exemplo, se você está tendo um bom desempenho em praticamente todas as áreas da sua vida, mas está tendo prejuízos por conta da procrastinação no trabalho, busque verificar se há algum conflito com o chefe ou algum colega. Às vezes estamos alimentando pequenos conflitos que, quando resolvidos, fazem uma grande diferença em nossas vidas!

ESCRITO POR:

Daniel Tito

Daniel Tito

Aprendiz

BAIXE AGORA NOSSOS
E-BOOKs 😜

loading...

OUTROS ARTIGOS BEM LEGAIS 😜

Inovação no Empreendedorismo

Como usar o Linkedin com eficiência

10 Hábitos de Pessoas Extremamente Produtivas

Todos os direitos reservados – Jovens Mestres Academy® – 2019

Fechar Menu